Sem dúvida, uma verdadeira inovação acaba de chegar ao mercado oftalmológico: é o retinógrafo portátil Phelcom Eyer. Lançado pela startup brasileira Phelcom Technologies, o aparelho é integrado a um smartphone e faz exames de retina de alta qualidade, em poucos minutos. Com toda a certeza, o equipamento auxiliará na prevenção de doenças oculares.

Dessa forma, os dados são enviados automaticamente para uma plataforma online – Eyer Cloud, possibilitando assim o diagnóstico por meio da telemedicina. Ou seja, a análise pode ser feita por um especialista alocado em qualquer lugar do mundo.

Tudo isso permite que diversas doenças do fundo do olho, como retinopatia diabética e glaucoma, sejam detectadas a um custo muito menor. Isso porque o Eyer pode ser até 24 vezes mais barato do que o retinógrafo tradicional.

De fato, essa nova tecnologia auxiliará no diagnóstico precoce de doenças que atingem a retina. Portanto, vamos falar neste post sobre as vantagens do Phelcom Eyer e como o aparelho atua no combate dos problemas oculares.

 

Phelcom Eyer

 

O retinógrafo portátil Eyer é o que há de mais moderno em teleoftalmologia para prevenção, diagnóstico e controle de diversos distúrbios que afetam a saúde dos olhos.

O equipamento é disponibilizado acoplado a um smartphone e realiza imagens precisas da retina, sem a necessidade de colírio para dilatar a pupila. Isto é, o aparelho é não midriático.

Além disso, a inteligência artificial embarcada fornece funções inteligentes para auxílio ao diagnóstico médico e a captura dos exames de retina. Já a conectividade facilita o compartilhamento e acesso de dados dos exames na nuvem. Desse modo, habilita o diagnóstico remoto por meio da telemedicina.

Por outro lado, a portabilidade e o valor mais acessível da tecnologia democratiza o acesso a exames de retina. Pois ele custa aproximadamente US$ 5 mil contra US$ 120 mil do retinógrafo atual, que ainda necessita de integração com o computador.

De fato, o Eyer tem diversas vantagens e benefícios tanto para o paciente quanto para o médico.

 

Diagnóstico e prevenção de doenças oculares

 

Afinal, como funciona o Eyer? O complexo óptico do aparelho faz a iluminação e a leitura da retina. A imagem capturada é disponibilizada automaticamente na plataforma online Eyer Cloud, em que todos os dados são armazenados. Caso não tenha acesso à internet, o exame fica salvo no aparelho até conectar-se à rede.

Sem dúvida, o equipamento é uma das melhores soluções para o diagnóstico precoce, acompanhamento da retina e prevenção de doenças oculares. Em seguida, confira como ele atua nas principais:

 

Retinopatia diabética

De fato, existem quase 500 milhões de diabéticos no mundo e este número está crescendo devido aos hábitos de vida da população. Com toda a certeza, todo diabético precisa cuidar da saúde ocular. O Eyer é uma excelente opção para diagnóstico e prevenção de retinopatia diabética, que hoje se caracteriza como a principal causa de cegueira na população ativa de 20 a 60 anos.

Atualmente, a tecnologia oferece uma precisão em torno de 80% na detecção dessa doença, sem o diagnóstico de médicos. Mas, com o crescimento cada vez maior da base de dados do Eyer Cloud, logo esse número deve aumentar para 95% de precisão.

 

prevenção de doenças oculares

Imagem: revista Oftalpro

 

 

Monitoramento do glaucoma

O glaucoma é uma doença do nervo óptico que ocorre devido à alta pressão intraocular. Atualmente, a doença atinge cerca de 80 milhões de pessoas no mundo e sua prevenção e tratamento é indispensável para a prevenção da cegueira. Dessa forma, a alta qualidade do Eyer permite o monitoramento dessa doença por meio da observação do nervo óptico do paciente.

 

prevenção de doenças oculares

Comparativo entre olho saudável e com glaucoma

 

DMRI – diagnóstico precoce e acompanhamento

De fato, a população mundial está envelhecendo e problemas de saúde relacionados à terceira idade estão se tornando cada vez mais comuns. A Degeneração Macular Relacionada à Idade (DMRI) afeta mais de 150 milhões de pessoas no mundo e é a principal causa de cegueira na população acima de 60 anos. Por isso, o Eyer é um excelente aliado na prevenção, indispensável para uma boa saúde oftalmológica nesta fase da vida.

 

Deslocamento de retina

O Eyer permite o diagnóstico rápido do descolamento de retina. Sem dúvida, isto é essencial para preservar a visão de um paciente com trauma ou mesmo com alto grau de miopia.

 

Retinoblastoma

O retinoblastoma é o tumor mais frequente que acomete os olhos na infância. Pode manifestar-se no nascimento ou até os cinco anos de idade. O Eyer captura exames panorâmicos da retina, o que permite a detecção precoce desse tipo de câncer.

 

Retinopatia da prematuridade

Sem dúvida, uma das principais formas de prevenção da retinopatia da prematuridade é a triagem oftalmológica de prematuros de risco. Esse processo inclui o exame de fundo de olho na quarta semana de vida. A portabilidade do Eyer permite que esse exame seja feito em crianças e recém-nascidos até em comunidades com pouca estrutura e difícil acesso à saúde.

 

Conclusão

 

Com toda a certeza, o Phelcom Eyer é uma verdadeira inovação na área de teleoftalmologia. Isso porque a tecnologia revolucionária, desenvolvida com base em inteligência artificial, permite a portabilidade inédita. Além disso, tem um custo muito abaixo em relação ao retinógrafo convencional.

Ou seja, estamos falando em democratização do acesso à saúde. Algo hoje tão precário no mundo todo, principalmente em comunidades remotas. Sem dúvida, o aparelho auxiliará no diagnóstico precoce, controle, combate e prevenção de doenças oculares que atingem milhões de pessoas no mundo todo.

Para você ter uma ideia, à deficiência visual grave e cegueira mundial afetam mais de 250 milhões de pessoas. Além disso, mais de 75% dos casos ocorrem por falta de prevenção e correto tratamento.

 

Quer ficar por dentro das principais inovações na área de oftalmologia? Então, inscreva-se no nosso site.

 

Eu quero acompanhar a Phelcom