De fato, a automação de processos e serviços vem ganhando cada vez mais espaço em diferentes áreas. Inclusive, na saúde. Dentre os seus principais benefícios, estão a precisão, o aumento da produtividade, a redução de gastos, economia de tempo, a segurança de dados, a capacitação profissional e o surgimento de novos modelos de atuação a partir da automatização.

Do agendamento online de consultas pelo próprio paciente até um banco de dados completo e de fácil acesso na nuvem, a tecnologia facilita o dia a dia do médico e de toda a equipe.

Diante disso, separamos neste post 5 vantagens da automação na saúde. Confira!

 

1.      Fácil acesso ao prontuário médico do paciente

 

Sem dúvida, reunir todas as informações necessárias do paciente em um único lugar é uma das principais vantagens da automação. Por meio da nuvem, em sistemas de prontuário eletrônico, é possível conferir dados como exames, alergias, intolerâncias, medicamentos ministrados, tratamentos e consultas, dentre outros. E tudo isso de forma segura, tanto para médicos quanto para pacientes.

Atualmente, é a tecnologia mais utilizada nos consultórios e instituições de saúde. Isso porque proporciona agilidade no atendimento e mais precisão no diagnóstico. Além disso, permite o acompanhamento do paciente por vários especialistas e profissionais.

Por último, armazenar os dados online elimina a necessidade de infinitas pastas e documentos.

 

automação na saúde

 

2.      Aumento de produtividade

 

Ao adotar softwares de gestão médica, que automatizam todos os processos da clínica, há um aumento considerável de produtividade. E não só do médico, mas de todos os colaboradores, pois é possível diminuir erros e ganhar mais tempo.

Além do prontuário eletrônico, a tecnologia também reúne com segurança os dados de médicos, funcionários, do financeiro e do administrativo. Por outro lado, há sistemas de agendamento online de consulta que até enviam lembretes e pedidos de confirmação do paciente.

 

3.      Controle rígido do estoque

 

Para evitar desperdícios de materiais e instrumentos, é preciso ter um controle rigoroso do estoque. E a automação na saúde também auxilia muito neste quesito.

Ao automatizar, identificar, registrar, organizar e dar baixa no produto, a rotina do consultório fica mais ágil, alcançando também resultados financeiros mais satisfatórios.

 

4.      Redução de custos

 

De fato, a automação na saúde permite identificar erros, eliminar desperdícios e reconhecer setores que podem ser otimizados e fortalecidos para obterem melhores resultados.

Ao ter o controle dos custos na mão. é possível avaliar as métricas, dados e conceitos de forma fácil e rápida. Dessa forma, tomar decisões estratégicas que reduzam os gastos e melhorem o desempenho da clínica, além de desenvolver soluções inovadoras.

 

5.      Facilidade no agendamento de consultas

 

Atualmente, há diversos softwares que auxiliam – e muito – no agendamento de consultas. Por exemplo, o paciente pode marcar o atendimento por meio de site. Um dia antes, o programa envia lembretes e pedem a confirmação da consulta agendada.

Com toda a certeza, é um ótimo benefício para os médicos, que sofrem bastante com a falta nos atendimentos marcados.

 

Conclusão

 

Atualmente, vivenciamos uma era de constantes mudanças e inovações. Com isso, naturalmente, surgem novas tecnologias e processos de gestão que contribuem para a melhora da experiência do paciente. Além disso, também auxilia médicos e instituições ao otimizar processos, reduzir desperdícios, integrar funções, eliminar retrabalho, aumentar a produtividade, melhorar a precisão, aumentar a segurança dos dados, dentre muitos outros benefícios.

A automação na saúde é um fator sem volta. Ainda bem.

 

Acompanhe as principais novidades na área de saúde no blog da Phelcom.

 

Inscreva-se