Miopia, astigmatismo, catarata e conjuntivite são algumas das doenças mais conhecidas entre a população que afetam a visão. Isso porque, infelizmente, os índices desses problemas são bem expressivos.

Como exemplo, a catarata é responsável por 48% dos casos de cegueira no Brasil, de acordo com a Sociedade Brasileira de Oftalmologia (SBO). Já a miopia é considerada a doença do século pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Mas, além disso, há outros distúrbios que também atingem uma parcela significativa da população e que merecem toda atenção.

Você sabe quais são? Conheça neste post as 12 principais doenças dos olhos, os sintomas e tratamentos indicados para você ficar atento a qualquer sinal.

 

1.      Ambliopia ou olho preguiçoso

 

O que é

É a redução da capacidade visual devido a uma deficiência no desenvolvimento da visão, como falta de estímulo ou lesões. Por isso, é mais frequente em crianças e adolescentes. Geralmente, está vinculado a erros de refração e/ou estrabismo.

Sintomas

Na maioria das vezes, não apresenta sintomas, evoluindo silenciosamente. Mas, podem surgir alguns indícios, como o desalinhamento dos olhos (por causa do estrabismo) ou dificuldades visuais, como ler de perto ou enxergar com nitidez de longe (devido aos erros de refração).

Tratamento

Depende da causa. Porém, os tratamentos mais comuns são o uso de óculos ou tampão no olho. Sobre cura, depende do estágio da doença. Na fase inicial, as chances são maiores. Já no estágio avançado, o problema pode provocar uma atrofia irreversível dos nervos oculares.

 

 

2.      Miopia

 

O que é

É um erro de refração que impossibilita a luz que entra pelos olhos de chegar até a retina, onde a imagem é focada. Isso ocorre porque o globo ocular é mais extenso. Por isso, a imagem se forma antes da retina, e não sobre ela, enviando ao cérebro a informação errada.

Sintomas

O principal sintoma é a dificuldade de enxergar objetos distantes. A visão fica embaçada. Por isso, aperta-se os olhos constantemente para forçar o foco. Além disso, podem surgir dores de cabeça.

Tratamento

Lentes corretivas e/ou cirurgia.

 

3.      Hipermetropia

 

O que é

A imagem se forma só depois da retina porque o globo ocular é um pouco mais achatado ou a córnea é mais plana. Por causa disso, o cérebro tem dificuldade em processar corretamente a imagem enviada, afetando a visão de perto.

Sintomas

A dificuldade de enxergar de perto é o sintoma mais comum. Conforme a doença agrava, a visão pode ficar embaçada tanto para perto quanto para longe, além de ocorrer dor de cabeça e na região dos olhos.

Tratamentos

Uso de lentes refrativas ou cirurgia.

 

4.      Astigmatismo

 

O que é

É um erro de refração que afeta a córnea e/ou o cristalino, que deixam de ser simétricos. Ou seja, a curvatura da córnea é ovalada e não côncava, como deveria ser.

Sintomas

Um dos principais é a visão distorcida e embaçada. Mas, fique alerta se também apresentar esses sinais: dificuldade de leitura, aperto dos olhos para conseguir enxergar de perto ou de longe, sensibilidade à luz e piora da capacidade visual a noite.

Tratamentos

Incluem óculos, lentes de contato e/ou cirurgia refrativa.

 

Imagem: Dra. Fernanda Piccoli Schmitt

 

5.      Catarata

 

O que é

É uma lesão ocular que deixa o cristalino opaco e torna a visão turva, como se existisse uma névoa diante dos olhos.

Sintomas

No começo, a visão fica embaçada e ocorre a perda gradativa de visão. Conforme a doença progride, a visão apresenta brilho de lâmpadas ou do sol; dificuldade de dirigir à noite devido ao brilho dos faróis; mudanças frequentes na prescrição de óculos; melhoria da visão de perto que, em seguida, fica pior; perda de boa parte da visão, enxergando apenas vultos; e cegueira.

Tratamento

A doença só é curada com cirurgia. Mas, é possível conviver com a catarata por meio de outros tratamentos, como o uso de óculos, lentes de contato e colírios.

 

Foto – Centro Campineiro de Microcirurgia

 

6.      Conjuntivite

 

O que é

É uma inflamação da conjuntiva, uma membrana localizada entre os olhos e as pálpebras.

Sintomas

A principal é a vermelhidão dos olhos, mas também pode ocorrer lacrimação excessiva, pálpebras inchadas, secreção de pus e/ou esbranquiçada, coceira, dor ao olhar em direção a luz, visão embaçada, dentre outros.

Tratamento

O mais comum é o uso de colírio, mas pode haver prescrição de medicamentos.

 

Foto: Dr. Dráuzio Varella

 

7.      Daltonismo

 

O que é

É um distúrbio que impede o reconhecimento e distinção de algumas cores específicas.

Sintomas

Dificuldade em enxergar as diferentes tonalidade e brilhos das cores e a impossibilidade total de distingui-las.

Tratamentos

Não há cura, mas óculos e lentes de contatos específicas para essa deficiência ajudam a minimizar o problema.

 

8.      Deslocamento da retina

 

O que é

Ocorre quando a retina – membrana fina que reveste a parte interna do olho – se desprende do globo ocular.

Sintomas

Visão nebulosa e embaçada, sombra na região do olho afetada (periférica ou central), flashes de luz, “moscas volantes” (manchas ou pontos escuros como se fossem insetos passando em frente aos olhos), e, nos casos mais graves, cegueira.

Tratamentos

Varia conforme gravidade, tipo e extensão da lesão. Dentre os mais utilizados, estão fotocoagulação a laser, criopexia (congelamento) e cirurgias, como retinopatia pneumática, retinopexia e vitreoctomia.

 

9.      Degeneração Macular Relacionada à Idade (DMRI)

 

O que é

Ocorre quando as células fotorreceptoras na mácula da retina são degeneradas. Em seguida, acontece a perda da visão central.

Sintomas

Primeiramente, acontece a redução do contraste. A sensação é que está faltando luz. Consequentemente, há dificuldade de ler e escrever. Conforme evolui, as linhas tornam-se deformadas, as imagens ficam embaçadas e amareladas e uma mancha vai crescendo no campo visual central. Não há perda da visão total, pois afeta apenas a visão central e não a periférica.

Tratamento

Depende do tipo e gravidade. Contudo, as prescrições mais usuais são de suplementações com vitaminas e minerais antioxidantes, injeções, medicamentos e cirurgia.

 

 

10. Estrabismo

 

O que é

É popularmente conhecido como vesgueira, pois se caracteriza pelo desequilíbrio na função dos músculos oculares. Isso gera o desalinhamento dos olhos.

Sintomas

Além do desalinhamento dos olhos, ocorre a visão dupla. Porém, esse sintoma não se manifesta em crianças. Outros indícios são dor de cabeça, torcicolo e inclinação da cabeça para um dos lados.

Tratamento

Colírios, uso de óculos, exercícios ortóticos para fortalecer os músculos, tampão em um dos olhos para estimular o outro com a lesão, uso de toxina botulínica e, em último caso, cirurgia.

 

11. Glaucoma

 

O que é

É o aumento de pressão dentro do olho, que comprime os vasos sanguíneos e danifica o nervo óptico, levando à perda da visão lateral do olho e, gradualmente, à cegueira.

Sintomas

Assintomática no começo, apresenta sintomas apenas no estágio avançado da doença. Dentre os principais, estão a perda gradual e lenta da visão, sendo mais periférica do que central, até evoluir para cegueira, além de dor nos olhos e vermelhidão.

Tratamento

Não tem cura, mas os tratamentos diminuem os danos causados e contém a progressão da doença. Dentre eles, o uso de colírios, medicamentos, cirurgias e tratamento com laser.

 

 

 

12. Retinopatia diabética

 

O que é

Ocorre quando as concentrações de glicose estão muito altas e afetam os vasos sanguíneos dos olhos, que se rompem, provocando o vazamento de fluido na retina.

Sintomas

Não apresenta sintomas no início, apenas quando está em nível avançado e a doença já é considerada grave. Os sintomas mais frequentes são dor nos olhos, visão embaçada ou distorcida, perda de visão central ou periférica, olhos vermelhos, inchaço do olho, pressão nos olhos, dificuldade em distinguir cores, dentre outros.

Tratamento

Pode ser feito por meio de remédios, cirurgia ou técnicas com laser, dependendo da avaliação dos danos causados à retina e o estágio em que se encontra a doença.

 

Conclusão

 

Agora, você já conhece as 12 principais doenças dos olhos: ambliopia (olho preguiçoso), astigmatismo, catarata, conjuntivite, daltonismo, deslocamento da retina, DMRI, estrabismo, glaucoma, hipermetropia, miopia e retinopatia diabética. Além disso, também sabe identificar os principais sintomas. Então, fique atento!

 

Quer conhecer mais sobre as principais doenças dos olhos? Inscreva-se na nossa newsletter.

 

Eu quero!